A era do streaming

January 10, 2019

Português

 

 

Hoje venho aqui para falar sobre um assunto muito importante e que diz respeito ao futuro da profissão de artista da música.Como todo mundo já sabe, o formato CD está com os dias contados, quase ninguém tem mais toca Cds em casa ou no carro, portanto a venda de Cds caiu vertiginosamente e o cd virou um "brinde" ou algo que poucos fãs compram para ter uma lembrança do seu artista favorito.

 

Em poucos anos, o mercado de consumo da música todo migrou para as plataformas de streaming, ou seja, todo mundo hoje em dia tem uma conta no Spotify, Apple music ou semelhante e ali ouve seus artistas favoritos, diretamente dos seus gadgets (Celular, desktop, lap top e etc). Acontece, que nós artistas recebemos muito pouco ou quase nada por cada execução de música nessas plataformas, para se ter uma idéia, anexo aqui esse quadro com os valores que são pagos por execução em algumas dessas famosas plataformas.Como você pode notar,  os valores são muito baixos...Isso foi mais um grande golpe no bolso de nós artistas,  já que cada vez mais nossas fontes de renda diminuem e há uma desvalorização financeira do nosso trabalho.

 

Para se ter uma idéia da dificuldade, o artista que ao envelhecer deveria se preocupar em fazer cada vez menos shows, se vê obrigado a  estar sempre fazendo apresentações musicais, mesmo contra o cansaço dos anos. Nós adoramos nos apresentar e tocar para o nosso público, mas não é justo que tenhamos que fazê-lo por conta de que nossas fontes de renda estão sendo comprometidas pelos novos formatos do mercado.

 

Para finalizar, gostaria de propor a todos nós amantes da música que tomemos iniciativas que favoreçam os artistas, principalmente os independentes, como eu.Essas iniciativas podem ser buscar as plataformas que paguem melhor aos artistas ( Eu mesmo já fiz isso migrando para o Tidal, que é de propriedade de artistas e paga quase o triplo do Spotify por execução), participar das campanhas de crowdfunding (quando o artista pede ao seu público que contribua antecipadamente para um dos seus projetos mediante recompensas), comprar produtos nas lojas dos artistas, sejam elas físicas (nos shows) ou virtuais

( websites).

 

Deixo aqui um abraço e peço que se concorda com essas idéias, compartilhe esse post em suas redes sociais! Obrigado e até semana que vem! 

 

English

 

Today I come here to talk about a very important subject and that concerns the future of the profession of music artist. As everyone already knows, the CD format is with the days counted, almost no one else has CD players at home or in the car, so the sale of CDs fell sharply and the cd became a "gift" or something that few fans buy to have a remembrance of their favorite artist. In a few years, the entire music  market migrated to streaming platforms, meaning everyone today has an account with Spotify, Apple music or similar and there listen to their favorite artists, directly from our gadgets (Cellular, desktop, lap top and etc).

 

It turns out that we artists get very little or almost nothing for each song running on these platforms, so for you to  have an idea, attached here are the values ​​that are paid for running on some of these famous platforms. As you can see, the values are very low ... This was another big blow in the pocket of us artists, as more and more of our sources of income decrease and there is a financial devaluation of our work. To get an idea of ​​the difficulty, the aging artist should worry about doing less and less shows, although he is forced to always make musical presentations, even against the fatigue of the years. We love performing and playing for our audiences, but it's not fair that we have to do so because our income sources are being compromised by the new formats on the market.

 

Finally, I would like to propose to all of us music lovers that we take initiatives that favor artists, especially independents like me. These initiatives can be to look for the platforms that pay the artists better (I myself have done this by migrating to Tidal, which is owned by artists and pays almost triple the Spotify for execution), participate in crowdfunding campaigns (when the artist asks their audience to contribute to one of their projects beforehand for rewards), buy products in the artists physical (in the concerts) or virtual (websites) stores. I leave here a hug and ask that if you agree with these ideas, share this post on your social networks! Thank you and see you next week!

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now