"Radicado nos Estados Unidos, o cantor e compositor baiano Rafael Pondé reencontra suas raízes com o novo projeto musical: o EP Nordeste Revival com seis faixas. O lançamento acontece simultaneamente em todas as plataformas digitais, nesta sexta-feira 9 de Agosto de 2019 e o primeiro show está agendado para o Joe`s Pub na cidade de Nova Iorque, no dia 23 do mesmo mês. A fusão de estilos musicais está presente desde o início da sua carreira solo, há quase 15 anos, com o disco “Átomos, palavras e canções”.

Em Nordeste Revival, gravado no primeiro semestre deste ano, entre o estúdio da American University em Washington DC e seu home estúdio na Filadélfia, Pondé, além de passear por ritmos como baião, ijexá e samba-reggae ao longo das seis faixas, conta com a participação de músicos e compositores de diversos países (ver ficha técnica).

“Artistas maravilhosos fizeram comigo essa viagem, que torna universal a musica brasileira de origem nordestina, como é o caso de Christylez Bacon, rapper de Washington DC, que tem uma indicação ao Grammy, a colombiana Laura Lizcano, Rob Curto, sanfoneiro e pesquisador americano da nossa música, TJ Turqman que tocou baixo, Robsete que tocou Zabumba e Eugen Kim, violinista de Jazz sul-coreana, além do grupo Batala DC e ainda duas canções compostas em parceria com meu amigo colombiano Funkcho Salas, da banda Caribe Funk”.

Sobre a escolha do nome e a inspiração para as composições, Pondé destaca o protagonismo assumido no processo de produção (ele assina a produção, arranjos e mixagem)  e o forte teor de crítica social, propondo uma revisão histórica e revelando ainda as tristes coincidências que acontecem nos EUA e no Brasil. “Acompanho com preocupação os reflexos de uma onda conservadora, de retrocessos nas conquistas sociais e na liberdade de expressão, com a violência e o preconceito sendo legitimados nos discursos de representantes políticos, como a discriminação ocorrida recentemente com os nordestinos, o que me levou a batizar o disco de Nordeste Revival ”.

Recentemente, Rafael se tornou membro da Academia do Grammy Latino e duas canções do seu disco último disco “Live Boom Room” – Voltar para a Bahia e Vale do Capão  - participam de uma votação nas categorias melhor canção em língua portuguesa, gravação do ano e canção do ano"

Ficha técnica: Gravado entre as cidades de Philadelphia e Washington DC, entre janeiro e julho de 2019.

Produção musical, arranjos, mixagem, vozes, guitarras, violões, baixo, teclado e samplers: Rafael Pondé;

Trompete na faixa 1: Eric Sherman;

Beat Box na Faixa 2: Christylez Bacon;

Baixo na faixa 2: TJ Turqman;

Acordeon nas faixas 2 e 5: Rob Curto;

Zabumba na faixa 5: Robson Almeida (Robsete);

Violinos nas faixas 3 e 4: Eugen Kim;

Gravação das faixas 2 e 6 e masterização por Rogério Naresi;

Foto da capa (Fazenda Novo Horizonte): Rafael Pondé.

Lucas Pondé

Este site foi desenvolvido com o construtor de sites
.com
. Crie seu site hoje.
Comece já